Tutorial de instalação e configuração do GitLab no Ubuntu

Instalando o Git e o GitGUI no Ubuntu

  1. Para instalar o Git abra o Terminal do Ubuntu e digite os comandos abaixo:

    sudo apt-get update
    sudo apt-get install git

  2. Para instalar o GitGUI abra o Terminal do Ubuntu e digite os comandos abaixo:
    Nota: O gitk instala o GitGUI que é a interface gráfica do Git.

    sudo apt-get update
    sudo apt-get install gitk

Criando um repositório e comitando

  1. No Terminal digite os comandos abaixo e informe ao Git os seus dados, eles irão identificar seus commits.
    Nota: Os comandos são executados apenas na primeira vez que for configurar o Git, coloque o ‘NomeSobrenome’ sem espaços. O email que está informando é interessante que seja o mesmo da conta do GitLab, para ele identificar todos seus commits, mais informações de como criar conta GitLab ver passo ‘Configurando e compartilhamento no GitLab’.

    git config --global user.name "NomeSobrenome"
    git config --global user.email "seu_email@email.com"

  2. Clique com o direito na pasta onde deseja criar o repositório local e selecione o Terminal. Para inicializar um repositório Git nesta pasta digite o comando abaixo:

    git init

  3. Agora para testar o commit digite os comandos abaixo:
    Nota: Primeiro comando cria um arquivo “teste.txt” vazio no repositório que foi inicializado. O segundo adiciona todos as alterações do repositório ao índice. E o terceiro comita todos os arquivos que estão no índice e que foram modificados.

    touch teste.txt
    git add .
    git commit -m "Primeiro commit"

Configurando e compartilhamento no GitLab

Nota: Todos as etapas realizadas até este ponto ocorreram no repositório local. Esse processo é necessário apenas a primeira vez que for comunicar seu computador com o GitLab. Para comitar seu repositório local no GitLab primeiramente você precisa de uma conta e de uma chave SSH(Secure Shell – protocolo de rede criptográfico).

  1. Entre no site do GitLab na aba ‘Register’ e crie uma conta.
    Nota: Esse passo só é necessário caso não tenha conta no GitLab.

  2. Logue em sua conta GitLab.

  3. Crie a chave SSH através do Terminal, digite o comando abaixo:
    Nota: Informe o email que está cadastrado no GitLab. Na primeira pergunta aperte ‘Enter’ para deixar padrão o nome da chave que está criando. Informe uma senha e repita a senha informada.

    ssh-keygen -t rsa -C "seu_email@email.com"

  4. Para abrir a chave SSH criada, digite o comando abaixo:
    Nota: Se você alterou o nome padrão da chave no lugar de ‘id_rsa’ coloque o nome que vc informou.

    gedit ~/.ssh/id_rsa.pub

  5. Na sua conta do GitLab entre em ‘Settings’ e procure a aba ‘SSH Keys’.

  6. Copie todo o conteúdo da chave SSH que você abriu no bloco de notas e cole no campo ‘Key’, informe um titulo para identificar o computador onde a chave foi gerada.

  7. Para verificar se está funcionando corretamente digite o comando abaixo no Terminal:
    Nota: Quando der o comando ele irá solicitar uma senha, ela é a mesma que você cadastrou quando criou sua chave SSH.

    ssh -T git@gitlab.com

  8. Se a mensagem no Terminal for ‘Welcome to GitLab, Nome Sobrenome(nome e sobrenome cadastrados no site do GitLab)’ significa que está tudo funcionando, caso seja um erro, por favor repita os passos do item 3.

Criando o repositório remoto

  1. Em sua conta GitLab clique em ‘New Project’.

  2. Adicione um nome ao projeto e escolha qual o nível de visibilidade que deseja que o projeto tenha.
    Nota: No nome do projeto não é permitido espaço, substitua por ‘-‘, ‘_’ ou ‘.’, não é possível iniciar com ‘-‘ e nem terminar com ‘.git’ ou ‘.atom’. Existe três níveis de visibilidade: Primeiro é o ‘Private’(o acesso ao projeto tem que ser concedido explicitamente a cada usuário); Segundo é o ‘Internal’(o acesso ao projeto é para qualquer usuário logado no GitLab); Terceiro é o ‘Public’(o acesso é a qualquer pessoa logada ou não no GitLab).

  3. Na janela do Terminal digite o comando abaixo para atribuir um nome a URL do seu projeto no GitLab:
    Nota: O nome curto é o nome para referenciar o projeto remoto, assim não é necessário digitar toda a URL para dar um commit no remoto. A URL você pode copiar de dentro do projeto que você criou, existem um campo com ela.

    git remote add nome_curto git@gitlab.com:seu_login/nome_do_repositorio.git

  4. Para atualizar seu projeto no GitLab com as informações do projeto local digite o comando abaixo:

    git push nome_curto master

Anúncios

Tutorial de instalação e configuração do GitLab no Windows

Instalando o Git no Windows

  1. No site oficial do Git há links para download para Windows, Mac e Linux.
    Nota: Clique no link do Windows.

  2. Execute o arquivo baixado e vá dando “Next” até a tela “Select Components”. Nesta tela marque as duas opções “Git Bash Here” e “Git GUI Here”, os demais itens deixa como está.
    Nota: Instalar o Git Bash Here permite abrir o prompt de comandos do Git (Git Bash) em qualquer pasta, basta clicar com o botão direito e “Git Bash Here”.

  3. Na próxima tela, escolha a opção mais conservadora: “Use Git Bash only”.
    Nota: A segunda opção permite usar o Git também pelo prompt padrão do Windows, mas não os comandos Unix. Já a terceira permite usar todos os comandos pelo prompt do Windows, mas alguns comandos do Windows serão substituídos por comandos Unix que tem o mesmo nome (como find e sort).

  4. Na configuração de quebra de linha marque a opção “Checkout as-is, commit Unix-style line endings”.
    Nota: A primeira opção converte os arquivos para padrão Windows quando os arquivos chegam para você, e convertem para padrão Unix quando você os comita no repositório. A segunda não faz nenhuma conversão quando os arquivos chegam, mas convertem para padrão Unix quando você comita. Já a terceira opção não faz nenhuma conversão.

Criando um repositório e comitando

  1. Na tela do Git Bash digite os comandos abaixo e informe ao Git os seus dados, eles irão identificar seus commits.
    Nota: Os comandos são executados apenas na primeira vez que for configurar o Git, coloque o ‘NomeSobrenome’ sem espaços. O email que está informando é interessante que seja o mesmo da conta do GitLab, para ele identificar todos seus commits, mais informações de como criar conta GitLab ver passo ‘Configurando e compartilhando no GitLab’.

    git config --global user.name "NomeSobrenome"
    git config --global user.email "seu_email@email.com"

  2. Clique com o direito na pasta onde deseja criar o repositório local e selecione a opção “Git Bash Here”. Para inicializar um repositório Git nesta pasta digite o comando abaixo:
    Nota: Irá aparecer um (master), significa que você está em um repositório GIT e na branch(“ramos”) master.

    git init

  3. Agora para testar o commit digite os comandos abaixo:
    Nota: Primeiro comando cria um arquivo “teste.txt” vazio no repositório que foi inicializado. O segundo adiciona todos as alterações do repositório ao índice. E o terceiro comita todos os arquivos que estão no índice e que foram modificados.

    touch teste.txt
    git add .
    git commit -m "Primeiro commit"

Configurando compartilhamento no GitLab

Nota: Todos as etapas realizadas até este ponto ocorreram no repositório local. Esse processo é necessário apenas a primeira vez que for comunicar seu computador com o GitLab. Para comitar seu repositório local no GitLab primeiramente você precisa de uma conta e de uma chave SSH(Secure Shell – protocolo de rede criptográfico).

  1. Entre no site do GitLab na aba ‘Register’ e crie uma conta.
    Nota: Esse passo só é necessário caso não tenha conta no GitLab.

  2. Logue em sua conta GitLab.

  3. Crie a chave SSH através do Git Bash, digite o comando abaixo:
    Nota: Informe o email que está cadastrado no GitLab. Na primeira pergunta aperte ‘Enter’ para deixar padrão o nome da chave que está criando. Informe uma senha e repita a senha informada.

    ssh-keygen -t rsa -C "seu_email@email.com"

  4. Para abrir a chave SSH criada, digite o comando abaixo:
    Nota: Se você alterou o nome padrão da chave no lugar de ‘id_rsa’ coloque o nome que vc informou.

    notepad ~/.ssh/id_rsa.pub

  5. Na sua conta do GitLab entre em ‘Settings’ e procure a aba ‘SSH Keys’.

  6. Copie todo o conteúdo da chave SSH que você abriu no bloco de notas e cole no campo ‘Key’, informe um titulo para identificar o computador onde a chave foi gerada.

  7. Para verificar se está funcionando corretamente digite o comando abaixo no Git Bash:
    Nota: Quando der o comando ele irá solicitar uma senha, ela é a mesma que você cadastrou quando criou sua chave SSH.

    ssh -T git@gitlab.com

  8. Se a mensagem no Git Bash for ‘Welcome to GitLab, Nome Sobrenome(nome e sobrenome cadastrados no site do GitLab)’ significa que está tudo funcionando, caso seja um erro, por favor repita os passos do item 3.

Criando o repositório remoto

  1. Em sua conta GitLab clique em ‘New Project’.

  2. Adicione um nome ao projeto e escolha qual o nível de visibilidade que deseja que o projeto tenha.
    Nota: No nome do projeto não é permitido espaço, substitua por ‘-‘, ‘_’ ou ‘.’, não é possível iniciar com ‘-‘ e nem terminar com ‘.git’ ou ‘.atom’. Existe três níveis de visibilidade: Primeiro é o ‘Private’(o acesso ao projeto tem que ser concedido explicitamente a cada usuário); Segundo é o ‘Internal’(o acesso ao projeto é para qualquer usuário logado no GitLab); Terceiro é o ‘Public’(o acesso é a qualquer pessoa logada ou não no GitLab).

  3. Na janela do Git Bash digite o comando abaixo para atribuir um nome a URL do seu projeto no GitLab:
    Nota: O nome curto é o nome para referenciar o projeto remoto, assim não é necessário digitar toda a URL para dar um commit no remoto. A URL você pode copiar de dentro do projeto que você criou, existem um campo com ela.

    git remote add nome_curto git@gitlab.com:seu_login/nome_do_repositorio.git

  4. Para atualizar seu projeto no GitLab com as informações do projeto local digite o comando abaixo:

    git push nome_curto master